segunda-feira, 7 de abril de 2014

Paróquia São José comemora seus 75 anos de história


Em 2014 a paróquia São José está comemorando seu Jubileu de Brilhante.
Saiba como tudo começou:
Imigrantes alemães, gente simples e dotada de muita coragem, perseverança e fé cristã, lançaram o fundamento de toda a vitalidade religiosa que sempre distinguiu Boa Vista do Buricá.
Imagem da construção da Paróquia
Em 1928, aqui chegou o primeiro colonizador, Sr. Emílio Müller e o primeiro cidadão a adquirir terras do colonizador foi o Sr. Jacob Schneider.  Em 1932, Dom Antônio Reis, Bispo de Santa Maria, enviou a Santa Terezinha, hoje conhecida como Ivagaci, o Pe. Sebastião Rademaker que celebrou a 1ª missa, na marcenaria do Sr. Francisco Dreher. Pe. Rademaker era um homem de austeridade fantástica, capaz de muitos sacrifícios e de suportar grandes privações.  Em 1935, mudou-se para Boa Vista do Buricá. Na época, atendia aproximadamente, 70 capelas, espalhadas em larga faixa do Alto Uruguai, sempre no lombo de algum cavalo.
Em 16 de abril de 1939 foi criada a Paróquia São José, por Dom Antônio Reis, Bispo de Santa Maria e, na ocasião, foi escolhido São José, como padroeiro. Nesse ano, foi construída a primeira capela de madeira em mutirão popular. Ninguém queria ficar de fora. Todos arregaçavam as mangas. Não faltar ao serviço, quando solicitado,era questão de honra.  Assim, em pouco tempo, embora com os poucos recursos de que naquele tempo se dispunha, foi possível erguer essa capela, localizada no atual cemitério.
Em 15 de dezembro de 1940, ocorreu a despedida do Pe. Sebastião Rademaker e a posse do novo Pároco, Pe. Francisco Schlosser, que nunca mediu esforços para evangelizar.
Tendo em vista sempre a maior glória de Deus, o Pe. Francisco Schlosser, em assembleia geral, sondou a opinião dos paroquianos sobre a eventual construção de uma igreja de maiores proporções. Como o parecer da assembleia foi favorável, a comunidade comprou uma olaria para o fabricão de tijolos e um caminhão para transportar todo o material de construção.
Em 1946, foi lançada a pedra fundamental da nova Matriz. O alicerce, feito todo de pedra natural (lascada), teve sua conclusão em princípios do ano seguinte. Já em fins de março, fizeram sobre o alicerce a viga de concreto. Os vitrais eram doações ou de capelas ou de particulares. A contribuição de cada proprietário ficou em dois contos, importância essa correspondente mais ou menos ao preço de um hectare de terra.  Os não proprietários pagavam a metade. Levantamento de andaimes, terraplanagem e outros trabalhos dessa natureza, se faziam todos de graça, executados pelos que naquele tempo eram sócios da matriz.
O entusiasmo do Pe. Schlosser era contagiante e ninguém media esforços para colaborar na construção da nova Igreja.  Foram gastos na construção cerca de 600.000 tijolos.
Ressalta-se que a construção foi executada unicamente com o esforço, sacrifício e suor dos pequenos agricultores, comerciantes e demais paroquianos.  Porém, o grande mérito cabe, sem dúvida, ao esforço do Pároco, Pe. Francisco Schlosser.
A Igreja São José foi inaugurada em 1955 e ainda hoje, pelo seu tamanho e beleza é um cartão postal de Boa Vista do Buricá.
Concluída e inaugurada a Igreja São José, logo se pensou na construção de uma casa de moradia para o Padre.  Mais uma vez a generosidade do povo tornou realidade essa obra.
Somente quem teve  e tem a felicidade de viver e morar em Boa Vista do Buricá, pode avaliar e imaginar o que representam 75 anos de nossa Paróquia.
Esperamos que a atual geração saiba conservar e desenvolver o que aqui foi plantado com sacrifício, doação e amor por nossos pais e avós.
Colhemos o ensejo para convidar a todos os nossos paroquianos e das Paróquias vizinhas a participarem da Celebração de Ação de Graças pelos 75 anos de Paróquia, no dia 04 de maio, às 10 horas, na Igreja São José. Ao meio dia, almoço de confraternização, no Ginásio São José.  Durante a tarde, jogos, brincadeiras e uma animada dança.
Louvado seja o Senhor para sempre!
Com carinho, Pe. Jaime Ludwig - Pároco
Coord. Past Vocacional/Leigos Dehonianos

ABELC perde amistoso, mas mantém foco na estréia

Em partida amistosa disputada no sábado, 29 de março, em Cruz Alta, a ABELC sofreu derrota para o time da casa, a ACAF, pelo placar de 7x4. Apesar disso, o teste valeu como oportunidade para o técnico Ale testar os jogadores do elenco, tanto os mais experientes como os mais jovens, considerando que, agora, falta apenas uma semana para o início do Estadual Série Bronze, onde o time de Boa Vista do Buricá estreia em Salto do Jacuí, no dia 5 de abril.
O jogo
A equipe visitante começou bem. Logo na saída de bola, Josemar fez o goleiro Rafael buscar a bola no canto e, em seguida, Marcinho quase deixou o seu após cruzamento para a área, mas a ACAF se recuperou e, na falha de marcação da ABELC, marcou dois gols em sequência, aos 46seg e 1min28seg, com Zezinho e Andi.
Com 5min35seg de jogo, Zezinho marcou o seu segundo gol, até que a ABELC conseguiu diminuir a diferença aos 6min35seg, com golaço de Fernando, em chute de longe que foi parar no ângulo, porém, em jogadas de contra-ataque e aproveitando-se de falhas de marcação, a ACAF marcou mais três, com Zé Renato, Léo e Zezinho.
Na segunda etapa a ABELC conseguiu fazer uma partida melhor, com uma marcação mais efetiva e melhores chances de ataque. Aos 4min56seg, Kelvin marca mais um para a ABELC, mas os donos da casa respondem logo em seguida, com gol de Tales.
Sem desistir do jogo, o time de Boa Vista parte para o ataque e, na segunda metade da etapa complementar, Kelvin toca na saída, no meio das pernas do goleiro, para fazer o seu segundo gol no jogo, o terceiro da ABELC. Em cobrança de pênalti, Fernando balança as redes novamente para a ABLEC, definindo o placar do jogo em 7x4.

Prefeito Vili anuncia avanços na negociação com a Wirth Calçados

Até às 9 horas da quinta-feira, 3 de abril, 135 pessoas haviam se inscrito junto a Prefeitura Municipal para participar do processo de seleção da Wirth Calçados. A empresa calçadista negocia com a Administração Municipal a possibilidade de instalar-se em Boa Vista do Buricá.
Conforme o Prefeito Vilmar Horbach a primeira meta foi atingida com pleno êxito, pois, comprovou-se através deste número expressivo de inscrições a existência de mão de obra necessária para atuar na empresa.
Vili ressalta que o próximo passo buscando viabilizar a vinda desta empresa, será um encontro que o Chefe do Executivo Boavistense terá com os proprietários da Wirth Calçados nos próximos dias. As inscrições podem ser realizadas até hoje sexta-feira, dia 4 de abril, junto a Prefeitura Municipal, com Carla Christ, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico.
Fonte: Assessoria de Imprensa

Prefeito Carlos recebe visita do Padre Irineu Brisch

Na manhã de terça-feira, 01, o prefeito municipal Carlos Alberto Dick recebeu a visita do Padre Irineu Brisch, acompanhado de seu irmão Elégio Brisch. Padre Irineu aproveitou o momento para agradecer ao prefeito e toda a equipe da saúde pelo auxilio no dia do acidente, principalmente por não medirem esforços para salvar a sua vida neste momento. Irineu aproveitou ainda para relatar a sua melhora de saúde, e rever alguns amigos durante a visita.
Já o prefeito Carlos externou a sua alegria em ver a excelente recuperação da saúde do nobre padre, reforçando a vontade de vê-lo novamente a frente da comunidade de Nova Candelária o quanto antes.
Fonte Assessoria de Imprensa

Escola Rui Barbosa promove o Dia da Família na Escola

No sábado, dia 29 de março aconteceu uma comemoração especial  o “Dia da Família na Escola” que teve como objetivo integrar família e escola com a participação de mais de 300 pessoas entre pais, alunos, professores e autoridades. O evento teve início às 10 horas. A recepção foi em clima de festa com uma música apresentada por todos os alunos. Em seguida foram realizadas diversas atividades envolvendo os alunos, pais e professores. Ao meio dia foi servido almoço. Houve  ainda a bênção da família Rui Barbosa pelo Frei Marco Antônio e o Pastor Valmir.
O Prefeito Municipal Eliseu João Redel Schenkel e 1ª Dama Rosane Schenkel também se fizeram presentes.
Para encerrar o “Dia da Família na Escola” o Grupo de Dança Gauchesca fez sua apresentação. Cada família recebeu uma lembrança deste dia.
A equipe diretiva agradecer a todos que participaram e trabalharam para o sucesso deste evento.






Metade das meninas do país já recebeu a primeira dose da vacina contra HPV

Mais de 2,4 milhões de meninas já foram vacinadas contra HPV em todo o País nas três primeiras semanas da campanha, segundo balanço divulgado na segunda-feira (31) pelo Ministério da Saúde. O número representa 58% da meta do Ministério da Saúde, que é vacinar 80% do público-alvo, o equivalente a 4,1 milhões de meninas na faixa etária de 11 a 13 anos. A vacina utilizada no Brasil é segura e recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
O Ministério da Saúde recomenda que a primeira dose (de um total de três) seja aplicada nas escolas públicas e privadas que aderiram à estratégia iniciada no dia 10 de março. A vacina também está disponível nos 36 mil postos da rede pública de saúde durante todo o ano. A segunda dose será aplicada com intervalo de seis meses e a terceira, de reforço, cinco anos após a primeira dose.
Em Boa Vista do Buricá 111 meninas já foram vacinadas
De acordo com a Enfermeira Ana Carla Wojciechowski o Ministério da Saúde deu como meta vacinar 122 meninas no município de Boa Vista do Buricá, mas segundo Ana só há 115 meninas na faixa etária para receber a vacina, sendo que 111 delas já foram vacinadas.
No dia 12 de março foram imunizadas 42 meninas na Escola São José, já no dia 17 foi a vez das meninas da Escola Santo Humberto de Linha Caçador receberam a vacina contra o HPV.
Do dia 20 ao dia 25 foram imunizadas mais 53 meninas, sendo 10 delas da Escola Padre Schlosser, 15 da Tenente Antônio João de Ivagaci e 28 da Escola Barão.
Ana relatou que a campanha ocorreu dentro da normalidade e que apenas 04 meninas não quiseram receber a vacina.
Segurança da vacina
Usada como estratégia de saúde pública em 51 países, a vacina utilizada no Brasil é recomendada pela OMS e tem eficácia de 98% contra o vírus HPV.
Proteção
Para o primeiro ano de vacinação, o Ministério da Saúde adquiriu 15 milhões de doses. A vacina utilizada é a quadrivalente, que confere proteção contra quatro subtipos (6, 11, 16 e 18) do HPV, dos quais dois (subtipos 16 e 18) são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer de colo do útero em todo mundo.
A vacinação é o primeiro de uma série de cuidados que a mulher deve adotar para a prevenção do HPV e do câncer do colo do útero. Ela não substitui a realização do exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relações sexuais. O Ministério da Saúde orienta que mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo, o Papanicolau, a cada três anos, após dois exames anuais consecutivos negativos.
Estimativas indicam que 270 mil mulheres, no mundo, morreram devido ao câncer de colo do útero. No Brasil, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) prevê o surgimento de 15 mil novos casos e cerca de 4,8 mil óbitos, em decorrência da doença, apenas neste ano.

E.M.E.F. São José realiza reunião de pais


Nenhum de nós é tão bom, quanto todos nós juntos. Família e escola, uma indiscutível parceria. Com esta reflexão a Escola Municipal de Ensino Fundamental São José, deu as boas-vindas e recebeu os pais para uma importante reunião, no dia 31 de março de 2014, na Igreja Matriz, às 19hs. Os assuntos em pauta foram:
- Boas Vindas e Mensagem Inicial “Pais Maus”.
- Apresentação do Projeto que a escola irá desenvolver ao longo deste ano: CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE, com a intervenção da Eloisa Lasta, Engenheira Agrônoma da Prefeitura Municipal.
- Apresentação da Equipe Diretiva, Professores e Funcionários da escola.
- Apresentações e discussão das Normas de Convivência da escola.
- Apresentação do Programa Consultoria para a Educação de Qualidade. (FIERGS/SESI).
- Eleição da diretoria do CPM e CONSELHO ESCOLAR.
- Recados Gerais, assuntos relacionados sobre o ano letivo, aproveitamento, rendimento escolar e aprendizagem dos alunos.
- Após a reunião geral, houve uma reunião com pais dos alunos das 8ª séries para tratar assuntos sobre o rendimento escolar, viagem e formatura dos formandos deste ano.
A escola agradece a colaboração e  a participação de todos os pais, o apoio e a ajuda da SMEC e da Eloisa Lasta, pois isto demonstra apoio, confiança e cooperação para juntos desenvolver um bom trabalho integrado na formação integral de nossos alunos.